domingo, 6 de março de 2011

O BOBO DO CARNAVAL

http://joaopcfurtado.blogspot.com/



Vem ai, é na terça, o carnaval
E tu longe estas meu amigo
E eu sozinho estou, que te digo
Meu confidente e tagarela Pardal?

Que não tive outra escolha
Que de todos sobrou para mim
Apenas o papel de bobo, enfim
E na boca fui colocado uma rolha!

Quis ser o rei soberano da festa
Mas deram este papel aos políticos
Até o simples cenário…e os dísticos…
A mim foi bobo e ao povo, a besta!

E tu Pardal, que és único que me ouves
Longe resolveste tu, meu bem, estar
Viro e reviro e não há nada para desejar…
E tu…Teu amigo na desgraça e não comoves!

João Furtado

Praia, 06 de Março de 2011



http://joaopcfurtado.blogspot.com/

Sem comentários:

Publicar um comentário